GRUPO DE EVANGELIZAÇÃO PROFESSORES E ALUNOS DE CRISTO

Com a sabedoria se edifica a casa, e com a inteligência ela se firma. Provérbios 24.3

sábado, 22 de julho de 2017

GEPACNET: TEXTOS BÍBLICO - MÓDULO AMARELO: HABILIDADES - 22ª AULA: TOMADA DE DECISÕES - PROVÉRBIOS 1.1-6 - JOSUÉ 9.1-15 - TIAGO 4.15

PROVÉRBIOS 1.1-6
1 Estes são os provérbios de Salomão, filho de Davi, rei de Israel.
2 Eles ajudarão a experimentar a sabedoria e a disciplina; a compreender as palavras que dão entendimento;
3 a viver com disciplina e sensatez, fazendo o que é justo, direito e correto;
4 ajudarão a dar prudência aos inexperientes e conhecimento e bom senso aos jovens.
5 Se o sábio lhes der ouvidos, aumentará seu conhecimento, e quem tem discernimento obterá orientação
6 para compreender provérbios e parábolas, ditados e enigmas dos sábios.
JOSUÉ 9.1-15
1 E souberam disso todos os reis que viviam a oeste do Jordão, nas montanhas, na Sefelá[16] e em todo o litoral do mar Gran­de, até o Líbano. Eram os reis dos hititas, dos amorreus, dos cananeus, dos ferezeus, dos heveus e dos jebuseus.
2 Eles se ajuntaram para guerrear contra Josué e contra Israel.
3 Contudo, quando os habitantes de Gibeom souberam o que Josué tinha feito com Jericó e Ai,
4 recorreram a um ardil. Enviaram uma delegação, trazendo jumentos carregados de sacos gastos e vasilhas de couro velhas, rachadas e remendadas.
5 Os homens calçavam sandálias gastas e remendadas e vestiam roupas velhas. Todos os pães do suprimento deles estavam secos e esmigalhados.
6 Foram a Josué, no acampamento de Gilgal, e disseram a ele e aos homens de Israel: “Viemos de uma terra distante. Queremos que façam um acordo conosco”.
7 Os israelitas disseram aos heveus: “Tal­vez vocês vivam perto de nós. Como poderemos fazer um acordo com vocês?”
8 “Somos seus servos”, disseram a Josué. Josué, porém, perguntou: “Quem são vocês? De onde vocês vêm?”
9 Eles responderam: Seus servos vieram de uma terra muito distante por causa da fama do Senhor, o seu Deus. Pois ouvimos falar dele, de tudo o que fez no Egito,
10 e de tudo o que fez aos dois reis dos amorreus a leste do Jordão: Seom, rei de Hesbom, e Ogue, rei de Basã, que reinava em Asterote.
11 E os nossos líderes e todos os habitantes da nossa terra nos disseram: “Juntem provisões para a viagem, vão encontrar-se com eles e digam-lhes: Somos seus servos, façam um acordo conosco”.
12 Este nosso pão estava quente quando o embrulhamos em casa no dia em que saímos de viagem para cá. Mas vejam como agora está seco e esmigalhado.
13 Estas vasilhas de couro que enchemos de vinho eram novas, mas agora estão rachadas. E as nossas roupas e sandálias estão gastas por causa da longa viagem.
14 Os israelitas examinaram[17] as provisões dos heveus, mas não consultaram o Senhor.
15 Então Josué fez um acordo de paz com eles, garantindo poupar-lhes a vida, e os líderes da comunidade o confirmaram com juramento.
TIAGO 4.15
15 Ao invés disso, deveriam dizer: “Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo”.
Deixe seu comentário sobre esta postagem em nosso blog, sua opinião é muito importante. Grato.

GEPACNET: TEXTOS BÍBLICO - MÓDULO AMARELO: HABILIDADES - 22ª AULA: TOMADA DE DECISÕES - GÊNESIS 18.16-33 - SALMOS 113.6 - 1 CRÔNICAS 12.32 - PROVÉRBIOS 12.15 – PROVÉRBIOS 13.1 – PROVÉRBIOS 15.22 – PROVÉRBIOS 19.20 – PROVÉRBIOS 24.6 – PROVÉRBIOS 16.1 – PROVÉRBIOS 19.21

GENESIS 18.16-33
16 Quando os homens se levantaram para partir, avistaram lá embaixo Sodoma; e Abraão os acompanhou para despedir-se.
17 Então o Senhor disse: Esconderei de Abraão o que estou para fazer?
18 Abraão será o pai de uma nação grande e poderosa, e por meio dele todas as nações da terra serão abençoadas.
19 Pois eu o escolhi, para que ordene aos seus filhos e aos seus descendentes que se conservem no caminho do Senhor, fazendo o que é justo e direito, para que o Senhor faça vir a Abraão o que lhe prometeu.
20 Disse-lhe, pois, o Senhor: As acusações contra Sodoma e Gomorra são tantas e o seu pecado é tão grave
21 que descerei para ver se o que eles têm feito corresponde ao que tenho ouvido. Se não, eu saberei.
22 Os homens partiram dali e foram para Sodoma, mas Abraão permaneceu diante do Senhor. [69]
23 Abraão aproximou-se dele e disse: Exterminarás o justo com o ímpio?
24 E se houver cinqüenta justos na cidade? Ainda a destruirás e não pouparás o lugar por amor aos cinqüenta justos que nele estão?
25 Longe de ti fazer tal coisa: matar o justo com o ímpio, tratando o justo e o ímpio da mesma maneira. Longe de ti! Não agirá com justiça o Juiz[70] de toda a terra?
26 Respondeu o Senhor: “Se eu encontrar cinqüenta justos em Sodoma, pouparei a cidade toda por amor a eles”.
27 Mas Abraão tornou a falar: Sei que já fui muito ousado ao ponto de falar ao Senhor, eu que não passo de pó e cinza.
28 Ainda assim pergunto: E se faltarem cinco para completar os cinqüenta justos? Destruirás a cidade por causa dos cinco?” Disse ele: “Se encontrar ali quarenta e cinco, não a destruirei”.
29 “E se encontrares apenas quarenta?”, insistiu Abraão. Ele respondeu: “Por amor aos quarenta não a destruirei”.
30 Então continuou ele: “Não te ires, Senhor, mas permite-me falar. E se apenas trinta forem encontra­dos ali?” Ele respondeu: “Se encontrar trinta, não a destruirei”.
31 Prosseguiu Abraão: “Agora que já fui tão ousado falando ao Senhor, pergunto: E se apenas vinte forem encontrados ali?” Ele respondeu: “Por amor aos vinte não a destruirei”.
32 Então Abraão disse ainda: “Não te ires, Senhor, mas permite-me falar só mais uma vez. E se apenas dez forem encontrados?” Ele respondeu: “Por amor aos dez não a destruirei”.
33 Tendo acabado de falar com Abraão, o Senhor partiu, e Abraão voltou para casa.
SALMOS 113.6
6 mas se inclina para contemplar o que acontece nos céus e na terra?
1 CRÔNICAS 12.32
32 da tribo de Issacar, 200 chefes que sabiam como Israel deveria agir em qualquer circunstância. Comandavam todos os seus parentes;
PROVÉRBIOS 12.15
15 O caminho do insensato parece-lhe justo, mas o sábio ouve os conselhos.
PROVÉRBIOS 13.1
1 O filho sábio acolhe a instrução do pai, mas o zombador não ouve a repreensão.
PROVÉRBIOS 15.22
22 Os planos fracassam por falta de conselho, mas são bem-sucedidos quando há muitos conselheiros.
PROVÉRBIOS 19.20
20 Ouça conselhos e aceite instruções, e acabará sendo sábio.
PROVÉRBIOS 24.6
6 quem sai à guerra precisa de orientação, e com muitos conselheiros se obtém a vitória.
PROVÉRBIOS 16.1
1 Ao homem pertencemos planos do coração, mas do Senhor vem a resposta da língua.
PROVÉRBIOS 19.21
21 Muitos são os planos no coração do homem, mas o que prevalece é o propósito do Senhor.
Deixe seu comentário sobre esta postagem em nosso blog, sua opinião é muito importante. Grato.

GEPACNET: TEXTOS BÍBLICO - MÓDULO AMARELO: HABILIDADES - 22ª AULA: TOMADA DE DECISÕES - NEEMIAS 1.1-11

NEEMIAS 1.1-11
1 Palavras de Neemias, filho de Hacalias: No mês de quisleu[1], no vigésimo ano[2], enquanto eu estava na cidade de Susã,
2 Hanani, um dos meus irmãos, veio de Judá com alguns outros homens, e eu lhes perguntei acerca dos judeus que restaram, os sobreviventes do cativeiro, [3] e também sobre Jerusalém.
3 E eles me responderam: “Aqueles que sobreviveram ao cativeiro e estão lá na província passam por grande sofrimento e humilhação. O muro de Jerusalém foi derrubado, e suas portas foram destruídas pelo fogo”.
4 Quando ouvi essas coisas, sentei-me e chorei. Passei dias lamentando-me, jejuando e orando ao Deus dos céus.
5 Então eu disse: Senhor, Deus dos céus, Deus grande e temível, fiel à aliança e misericordioso com os que te amam e obedecem aos teus mandamentos,
6 que os teus ouvidos estejam atentos e os teus olhos estejam abertos para a oração que o teu servo está fazendo diante de ti, dia e noite, em favor de teus servos, o povo de Israel. Confesso os pecados que nós, os israelitas, temos cometido contra ti. Sim, eu e o meu povo temos pecado.
7 Agimos de forma corrupta e vergonhosa contra ti. Não temos obedecido aos mandamentos, aos decretos e às leis que deste ao teu servo Moisés.
8 Lembra-te agora do que disseste a Moisés, teu servo: Se vocês forem infiéis, eu os espalharei entre as nações,
9 mas, se voltarem para mim, obedecerem aos meus mandamentos e os puserem em prática, mesmo que vocês estejam espalhados pelos lugares mais distantes debaixo do céu, de lá eu os reunirei e os trarei para o lugar que escolhi para estabelecer o meu nome.
10 Estes são os teus servos, o teu povo. Tu os resgataste com o teu grande poder e com o teu braço forte.  

11 Senhor, que os teus ouvidos estejam atentos à oração deste teu servo e à oração dos teus servos que têm prazer em temer o teu nome. Faze com que hoje este teu servo seja bem-sucedido, concedendo-lhe a benevolência deste ho­mem. Nessa época, eu era o copeiro do rei.
Deixe seu comentário sobre esta postagem em nosso blog, sua opinião é muito importante. Grato.

sábado, 15 de julho de 2017

GEPACNET - ÁUDIO LIVRO: ANÁLISE DA INTELIGÊNCIA DE CRISTO - O MESTE DA SENSIBILIDADE

Descrição
Em 'O Mestre da Sensibilidade', segundo livro da coleção Análise da Inteligência de Cristo, Augusto Cury apresenta um estudo sobre as emoções de Jesus e explica como ele foi capaz de suportar as maiores provações em nome da fé.
Jesus demonstrou ser um grande mestre na escola da vida diante das angústias que antecederam sua morte, como a traição de Judas, a falta de apoio dos discípulos e a consciência do cálice que iria beber.
O sofrimento, em vez de abatê-lo, expandiu sua inteligência. As perdas, em vez de destruí-lo, refinaram-lhe a arte de pensar. As frustrações, em vez de desanimá-lo, renovaram suas forças.
Através de sua história, Jesus provou que é possível encarar a dor com sabedoria. Ele tinha todos os motivos para desistir de seu chamado e tornar-se uma pessoa fechada e agressiva, mas, apesar disso, foi um ícone de celebração à alegria, à liberdade e à esperança.
Ele não se perturbava com o mau comportamento dos outros - pelo contrário, aproveitava cada momento de fraqueza para ensinar importantes virtudes como a paciência, a tolerância, o perdão e a humildade.
O exemplo de Jesus nos ajuda a melhorar a qualidade de vida e a prevenir doenças psíquicas como a depressão, a ansiedade e o estresse. Analisar seu brilhante comportamento acende as luzes de nossa consciência e nos torna pessoas mais abertas para as infinitas maravilhas da existência.
Deixe seu comentário sobre esta postagem em nosso blog, sua opinião é muito importante. Grato.